×
Blog

Mãos ressecadas? Saiba como cuidar em tempos de álcool em gel

5 de julho de 2021

A pele nunca sofreu tanto, como nos últimos meses. Com a necessidade de se proteger contra a Covid-19, as pessoas passaram a tomar mais banhos e o número de lavagens das mãos multiplicou-se. O impacto imediato disso para a pele foi o esperado: um aumento substancial nos casos de dermatite de contato, dermatite atópica além do aumento da sensibilização da pele.

Aliado a isso, um dos hábitos mais frequentes nos dias de hoje é o uso de álcool em gel, afinal a proteção tem sido a melhor aliada no combate ao Coronavírus. Porém alguns tipos de álcool gel podem diminuir a camada lipídica, que é a proteção externa da pele, consequentemente deixando-a ressecada.

A dica para não perder a hidratação é checar as informações do rótulo do produto e escolher o que leva glicerina na composição. A glicerina funciona como hidratante para as mãos, já que a alta concentração de álcool pode ressecar a pele.
Se ainda assim as mãos apresentarem sensação de ressecamento, aspereza ou aspecto descamativo é indicado a aplicação de cremes e loções hidratantes de três a quatro vezes ao dia, sempre após o álcool gel evaporar por completo das mãos.

O Gel Antisséptico Para Higiene Das Mãos Aseplyne elimina germes e bactérias com 99,9% de eficácia, possui secagem rápida e não deixa as mãos grudentas nem ressecadas, pois contém glicerina em sua composição. Por isso, se tornou um dos produtos preferidos dos consumidores que querem se proteger e cuidar da pele ao mesmo tempo.

Administrador

Compartilhe esta página: